quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Morreu a actriz Lauren Bacall

Reuters

A actriz Lauren Bacall morreu nesta terça-feira vítima de um ataque cardíaco, em Nova Iorque. A informação foi avançada pela TMZ, e já confirmada pela família.

A actriz Lauren Bacall, de 89 anos, uma das divas da época de ouro do cinema morreu nesta terça-feira, 12 de Agosto, vítima de um ataque cardíaco, em Nova Iorque. A TMZ avançou que a actriz sofreu um "acidente vascular cerebral", citadas pelas agências EFE e AFP.

Através da conta de Twitter da família do actor Humphrey Bogart, com quem foi casada, foi confirmada a morte da artista, podendo-se ler "É com profunda tristeza, mas apesar de tudo, com grande gratidão pela sua vida incrível, que nós confirmamos a morte de Lauren Bacall".
Nascida a 16 de setembro de 1924, em Nova Iorque, Betty Joan Perske, de seu nome verdadeiro, foi a única filha de um casal de imigrantes judeus romeno-polacos, da família do ex-presidente de Israel, Shimon Peres.

Lauren Bacall estreou-se no cinema pela mão de Bogart, quando tinha 19 anos em "To Have and Have Not" (1944) e tornou-se o seu par dentro e fora dos ecrãs, tendo contraído matrimónio com o actor em 1945.

Durante os anos em que esteve casada com Bogart - até à morte deste em 1957 - rodou com o cator The Big Sleep" (1946), "Dark Passage" (1947) e "Key Largo" (1948).

A carreira cinematográfica de Lauren Bacall inclui os filmes "Young Man with a Horn" (1950), com Kirk Douglas e Doris Day, "How to Marry a Millionaire" (1953), com Marilyn Monroe e Betty Grable e "Murder on the Orient Express" (1974).

Bacall co-protagonizou várias películas com John Wayne e contracenou com muitos dos galãs da época como James Stewart, Rock Hudson, Gary Cooper, Gregory Peck, Tony Curtis e Paul Newman.

O seu último filme foi "Ernest & Celestine", uma animação estreada em 2012, na qual dava voz a uma personagem.

A actriz, que teve três filhos, casou-se com Jason Robards em 1961, de quem se divorciou em 1969. 

Lauren Bacall foi galardoada em 1997 com um Globo de Ouro como melhor actriz secundária pelo filme "The Mirror Has Two Faces", e ao longo da sua carreira recebeu dois prémios Tony de teatro e o "Prémio Donostia" do Festival de San Sebastian (1982).

Em 1998, a actriz foi convidada de honra da nona edição do Festival Internacional de Cinema de Tróia, onde foi homenageada com um Golfinho de Ouro - máximo galardão do certame - pela sua carreira. No âmbito da mesma visita a Portugal, Lauren Bacall foi homenageada pela Câmara Municipal de Grândola, e pela Cinemateca Portuguesa.

O OLHAR A TELEVISÃO presta assim condolências à família e amigos da actriz.
  
fonte: informação retirada do site da SIC Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário