domingo, 7 de setembro de 2014

"Factor X" | a análise #2.1


O "Factor X" regressou esta noite aos ecrãs da SIC. E com a segunda temporada do programa que marca a diferença regressam também ao OLHAR A TELEVISÃO os espaços semanais de análise.

Com uma imagem e realização manifestamente melhores que na primeira edição, a segunda temporada do "Factor X" parece ter arrancado com os ingredientes certos, na dose certa: espectáculo, emoção e muito talento. A melhoria gráfica é bastante significativa e a edição está realmente aprimorada. É evidente e bem-sucedido o upgrade a que o formato foi sujeito e, nesse sentido, à equipa de produção nada lhe pode ser apontado.

A inclusão de um quatro jurado assumiu-se como uma aposta claramente ganha e, do pouco que um primeiro programa pode mostrar sobre a interacção deste painel, a imagem que fica é bastante positiva. Miguel Guedes, não se podia ter enquadrado melhor na mecânica que já existia entre Sónia Tavares, Paulo Junqueiro e Paulo Ventura.
Numa estreia que, de resto, surpreendeu pela qualidade, houve também espaço para falhas. À semelhança da anterior edição, João Manzarra vai manter-se sozinho até à fase das galas. Ora, perante este factor (que de X pouco tem), qual o sentido da dupla? Seria assim tão descabido Cláudia Vieira marcar presença nos ecrãs desde as audições? A nós, parece-nos perfeitamente exequível. Mais ainda quando se trata de uma dupla com uma forte química, já habituada a este tipo de movimentações. Caso contrário, mais vale deixar que o apresentador conduza o programa sozinho do primeiro ao último minuto.

Destacar, ainda, o grafismo referente à conta oficial do Twitter. Na última semana foi promovida a chegada do "Factor X" a esta rede social, tendo-se ficado a saber que a conta @factorxsic, até então encarada por muitos como oficial, nunca teve qualquer ligação com o programa. Mas se assim é, porque razão durante todo o programa promoveram essa mesma conta dita não oficial ao invés de usarem a oportunidade para impulsionar a verdadeira? Este é aquele tipo de erros que para muitos pode parecer mínimo, mas que na realidade fazem toda a diferença, mais ainda quando se trata de um programa com uma tão forte ligação a esta rede e à utilização das hashtags.

Quando ao talento, esse, não faltou. E foram muitas as vozes que garantiram um lugar no Bootcamp. Confira os concorrentes apurados para a próxima fase da competição neste primeiro programa de audições:

  • João Duarte
  • Sara Dominguez
  • Mariana Froes
  • Miriam Fura
  • Nuno Romão
  • Maria João Matos
  • Isabela Santos
  • Matheus Paraízo

Na próxima semana a equipa do "Factor X" ruma ao Porto. Depois de uma estreia que, pode dizer-se, surpreendeu pela positiva, daqui para a frente só o melhor podemos esperar. Mas atenção. Se é verdade que já na edição passada as primeiras fases primaram pela qualidade, também é verdade que nas galas - como aqui nos cansamos de referir - tudo foi deitado a perder. Esperemos que tal não se repita.

A nova temporada do "Factor X" tem tudo tornar o sucesso que já é em algo ainda mais transcendente. Nas redes, o fenómeno não podia ter sido mais evidente, com a hashtag #factorxsic a chegar aos trends mundiais. Resta agora saber se, no que às audiências diz respeito (e que parece ser a única coisa que realmente importa para muitos) este foi um arranque com o pé direito.

0 comentários:

Enviar um comentário