quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Governo aceita pedido do Conselho Independente da RTP

O Governo aceitou o pedido feito pelo Conselho Geral Independente da RTP. Com esta decisão, o Conselho de Administração da empresa será destituído dos seus cargos.

Após o Conselho Geral Independente da RTP, durante a tarde desta quarta-feira, ter proposto a destituição do Conselho de Administração da estação pública de rádio e televisão, o Governo já reagiu a este pedido, tendo dito que o irá aceitar.
Segundo um comunicado emitido pelo Gabinete do Ministro-Adjunto, Miguel Poiares Maduro, o governo "enquanto titular da posição accionista do Estado, actuará em conformidade com a proposta".

O PS, principal partido da oposição, através de Inês de Medeiros já reagiu a esta noticia, tendo dito aos jornalistas que "o partido socialista avisou que este modelo era gerador de conflitos da forma como foi concebido, e o resultado está à vista".

A deputada disse ainda "que importa salientar que na base deste conflito entre o CGI e o CA está a acção do próprio governo", acrescentando que "é o governo que está na origem desta situação de instabilidade que persegue a RTP".

0 comentários:

Enviar um comentário