terça-feira, 16 de dezembro de 2014

"The Voice Kids" | em análise #12

Após doze semanas, o "The Voice Kids" chegou este domingo ao fim. Diogo Garcia sagrou-se como o grande vencedor do programa, numa final que ficou marcada por fortes emoções e muito talento.

Depois das Provas Cegas, das Batalhas e das Semifinais, o "The Voice Kids" chegou ao fim. Ao longo de doze semanas o programa foi revelando o talento que existe entre os mais pequenos, tendo chegado à grande final apenas seis dos milhares de concorrentes.

Como já era de esperar, a grande final do "The Voice Kids" primou pela qualidade e rigor por parte da Shine Iberia Portugal. Sem nada para apontar a nível técnico - filmagem, edição, som, imagem -, facilmente se percebe que tudo foi preparado ao pormenor para que o talent show se despedisse dos portugueses com um grande espectáculo.

A Shine Portugal mostrou, uma vez mais, que com muito ou pouco dinheiro o seu objectivo é produzir programa com qualidade e não desenrascar e isso, num canal público como a RTP, é essencial. Acima de todos os objectivos que a estação pública tenha em cima da mesa, a qualidade e o rigor devem prevalecer.

Nesta última análise, não podemos também deixar de dar um último apontamento aos mentores e apresentadores do "The Voice Kids". Ao longo de todo o programa, e superando as nossas expectativas. Mariana Monteiro não se deixou intimidar pela sua estreia como apresentadora principal. Quanto a Vasco Palmeirim, não há muito mais a dizer. O apresentador já mostrou que é dos melhores da sua geração, e esperemos que continue a ser uma aposta da RTP, pois caso não seja será uma grande perda para o canal público.

Quanto aos mentores, também nada temos a apontar de negativo. Anselmo Ralph, Daniela Mercury e Raquel Tavares cumpriram o seu papel ao longo do programa.

Já em relação aos seis finalistas, que nesta final actuaram individualmente duas vezes, foram competentes, apesar de nem todas as escolhas terem sido as melhores, especialmente a primeira música que Filipa Ferreira cantou. A versão portuguesa do tema "Let it Go", música principal do filme "Frozen", não foi feliz na tradução; mais valia que a concorrente cantasse a versão original em inglês.

No final, com a decisão nas mãos dos portugueses, Diogo Garcia, da equipa de Daniela Mercury foi o concorrente que se sagrou vencedor do "The Voice Kids". Para nós, uma escolha justa e a acertada por parte dos espectadores.


Com o derradeiro final do "The Voice Kids", também a rubrica "The Voice Kids | em análise" chega ao seu fim. Ao longo destas doze semanas levamos até si o rigor e a clareza de uma opinião isenta. Esperemos que tenha gostado e que continue a visitar-nos.

0 comentários:

Enviar um comentário