segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

"Achas Que Sabes Dançar?" em análise | #3

O "Achas Que Sabes Dançar?" regressou para uma terceira gala. Em noite de Óscares, o rolo da fita no concurso chegou ao fim para a Albertina e para o Ivanoel.

Não há muito mais que aqui possamos dizer em relação a esta temporada do "Achas Que Sabes Dançar?". Uma excelente produção - como, de resto, a Shine Iberia já nos habituou -, um excelente espetáculo, com boas doses de emoção e talento em palco.
Para abrilhantar ainda mais a gala, uma Diana Chaves cada vez melhor, mais solta, mais divertida, mais autêntica. E também o painel de jurados que, a cada programa, fortalece a sua cumplicidade, apresenta comentários cada vez mais pertinentes e impõe uma exigência mais elevada, que só fazem o programa crescer em qualidade.

O único ponto menos positivo foram, a nosso ver, algumas das coreografias apresentadas pelos concorrentes. Quando comparada com as duas primeiras emissões, esta terceira gala foi menos bem conseguida a este nível, principalmente para todos os que, no conforto do seu sofá, assistiam ao programa na tv.

Findadas as actuações, e depois das habituais coreografias de raparigas e rapazes (estes últimos com a presença de David Carreira), foi altura de serem revelados os menos votados pelo público. A escolha dos portugueses, para não fugir à regra, voltou a demonstrar-se tão polémica como nas galas anteriores.


A decisão final passou para as mãos dos jurados que, visivelmente revoltados, optaram por expulsar a Albertina Costa e o Ivanoel Tavares. Para eles, o "Achas Que Sabes Dançar?" chegou ao fim. A competição segue agora com 14 concorrentes.

0 comentários:

Enviar um comentário