quinta-feira, 19 de março de 2015

"Got Talent Portugal" em análise | #4

The ArtGym Company e Armazém Aéreo Kids foram os felizes contemplados da quarta semifinal e garantiram um lugar na grande final do "Got Talent Portugal".

FINALMENTE! É a palavra acertada para o arranque da análise desta semana. E isto porquê? Porque houve finalmente uma entrada em grande dos jurados, tal como acontece nas versões internacionais do "Got Talent" - ponto que, curiosamente, havíamos referido na análise anterior. Esta apoteótica recepção ao júri confere, indubitavelmente, uma outra magia e grandiosidade ao espetáculo.

E já que falamos da entrada dos jurados, não podemos deixar de parabenizar a produção pela originalidade do número abertura desta quarta semi-final. Uma ideia simples que, de resto, resultou na perfeição como substituta da habitual VT inicial. Pena é que, logo de seguida, tenham sido promovidas as linhas telefónicas. Achamos que tal só deveria acontecer depois da entrada dos jurados e do seu pequeno comentário inicial sobre a gala. Talvez pudessem assim camuflar a tão forte vontade de lucrar com as chamadas de valor acrescentado.
Também aqui referimos anteriormente que o plano final das actuações, cujo objectivo é mostrar a dianteira do palco e o respectivo jogo de luzes, não estava a ser de todo bem conseguido, facto que nesta gala foi corrigido.

Os pontos fortes deste "Got Talent Portugal" têm passado pelos vídeos de apresentação dos concorrentes, pelos grafismos e pelas cenografias criadas para as actuações e neste quarto directo a FremantleMedia Portugal voltou a não desiludir. Especial destaque para o decor criado para a actuação dos Armazém Aéreo Kids, para nós foi o melhor da noite.

Destacamos ainda os convidados especiais que o palco do "Got Talent" tem recebido a cada domingo, e que aqui não tínhamos ainda abordado. A produção está de parabéns pelos nomes que tem trazido ao espetáculo, e esperamos que assim continue nas restantes galas.

Falemos agora dos concorrentes. Esta foi para nós a pior gala no que respeita às actuações. Sem grandes surpresas, o público acabou por fazer uma escolha justa. The ArtGym Company, Rui e os Armazém Aéreo Kids foram os três mais votados, mas os preferidos do público foram mesmo os The ArtGym Company, que garantiram assim a presença grande final. Já o futuro de Rui e dos Armazém Aéreo Kids ficou nas mãos do júri. Após alguns momentos de tensão, com três votos dos jurados os Armazém Aéreo Kids seguiram também na competição.


No próximo domingo, o penúltimo grupo de 8 semi-finalistas (Afro Txilo, Ana Sofia, Constança e Matilde, Fernanda, Misfits, Nuno, Paulo e Team Braga) sobe ao palco do "Got Talent Portugal". Quanto a nós, cá estaremos para a análise de mais uma gala.

1 comentário:

  1. Concordo com tudo o que tem sido escrito aqui sobre o GTP. É verdade que os convidados tem sido excelentes mas se este programa dá espaço a todos os talentos, e não só ao canto, porque é que os convidados especiais são sempre ligados à área do canrto?

    ResponderEliminar