sábado, 21 de março de 2015

Tudo a postos para o "Shark Tank Portugal"

Aquele que é apresentado como "o programa mais ambicioso de sempre da televisão portuguesa" arranca este sábado na SIC. No total, os tubarões investiram mais de três milhões de euros em quase 60 negócios. 

"Shark Tank Portugal", a versão portuguesa do formato vencedor de um Emmy, chega este sábado a Portugal, numa adaptação que, garantem os responsáveis, será fiel ao original. As gravações arrancaram ainda em 2014 e, feitas as contas, Miguel Ribeiro Ferreira, Mário Ferreira, João Rafael Koehler, Tim Vieira e Susana Sequeira investiram mais de três milhões de euros em quase 60 dos 85 negócios que lhes foram apresentadas.

Em declarações ao Diário Económico, Miguel Ribeiro Ferreira, um dos tubarões portugueses, garantiu que "tirando as diferenças de dimensão dos respectivos mercados, o Shark Tank português está ao nível do americano. Tanto na irrepreensível produção como na qualidade dos projectos apresentados."
Mário Ferreira foi o tubarão que investiu num maior número de ideias e negócios. O criador e propriatário da "Douro Azul" ficou convencido com 16 dos pitch que lhe chegaram às mãos. "Houve uma grande diversidade: parentes para desenvolver projetos, pessoas que querem expandir os seus negócios, empresas que querem internacionalizar-se", explicou ao Dinheiro Vivo.

À mesma publicação, João Rafael Koehler falou da desvantagem dos tubarões face aos empreendedores. "Quando os projetos nos são apresentados, não sabemos nada sobre eles e temos muito pouco tempo para decidir se queremos ou não avançar com investimento", explicou. Para Susana Sequeira, o investimento é apenas uma pequena parte daquilo que os projetos podem ganhar com os tubarões. "A questão do dinheiro é importante mas o nosso envolvimento com o negócio pós-gravações é brutal."

"Shark Tank" é um formato da Sony Pictures Television e chega a Portugal pelas mãos da Blue Pipeline, numa co-produção da Take & Sound e da Endemol Portugal. O primeiro de treze episódios já gravados vai para o ar este sábado, às 22h45, na SIC.


0 comentários:

Enviar um comentário