quinta-feira, 11 de junho de 2015

Sir Christopher Lee: o adeus a uma lenda do cinema

O eterno "Conde Drácula" faleceu aos 93 anos. No seu percurso ficam mais de 250 produções no cinema e em televisão, mas sua imagem será para sempre associada ao terror.

A notícia foi avançada pelo jornal britânico The Telegraph. Sir Christopher Lee morreu no domingo, dia 7 de junho, em Londres, onde estava hospitalizado devido a problemas cardíacos e respiratórios. Tinha completado 93 anos no mês passado.

Lee nasceu em Londres, a 27 de maio de 1922. Os seus primeiros trabalhos como actor datam de 1940. Mas é na década seguinte que nasce a estrela, em produções como "A Máscara de Frankenstein" (1957), "Drácula" (1958) ou "A Múmia" (1959). 

Em 1974 Lee deu vida a Francisco Scaramanga, o vilão do filme "007 - O Homem da Pistola Dourada". E mais recentemente deu-se a conhecer a uma nova geração de fãs: foi o Conde Dooku nos episódios II e III da saga "Star Wars" e o Saruman nas trilogias de "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit".

Além do cinema, passou também pela música e colaborou com bandas de heavy metal. A sua voz grave abriu-lhe ainda as portas a projectos com Tim Burton, nomeadamente em "A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça" ou "A Noiva Cadáver". Em 2009, foi armado cavaleiro pela realeza britânica.

Foi por decisão da esposa (com quem estava casado há mais de 50 anos) que a notícia da sua morte apenas veio a público esta quinta-feira. Birgit Lee quis informar primeiro os mais próximos, tendo adiado a divulgação da notícia à imprensa.

0 comentários:

Enviar um comentário