segunda-feira, 21 de setembro de 2015

"Agora Nós" está de regresso... agora nas tardes

Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos regressam esta segunda-feira ao pequeno ecrã. A segunda temporada do "Agora Nós" é a aposta da RTP para as tardes, e promete trazer novidades.

Após o anuncio do seu fim, a RTP decidiu voltar com a sua decisão atrás, e continuar a apostar no "Agora Nós", agora para as tardes. Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos vão continuar a formatar dupla e a conduzir o formato, contando com Joana Teles e Tiago Góes Ferreira como repórteres.

Até ao final do ano, o "Agora Nós" será produzido pela Eyeworks Portugal, passando a partir de 2016 a ser produzido internamente, com um orçamento mais baixo, mas mesmo assim com conteúdos renovados.

Entre as novidades está a aposta numa rubrica própria para cada um dos apresentadores, o espaço de D. Januário Torgal Ferreira sobre temas da actualidade, o "Agora Ajuda", segmentos sobre noivos, bricolage, poupança ou sexualidade e ainda, uma rubrica lúdica com Serenella Andrade. Outra das novidades é a passagem da transmissão integral do programa na RTP Internacional. Já a rubrica "Médico de Família" vai continuar a ser aposta.
"O cenário é o mesmo, por isso onde os espectadores vão sentir mais (a diferença) é, por causa da baixa dos orçamentos, nos conteúdos, e estes são a coisa mais importante que existe em comunicação. Não a forma como se comunicam - e nós fazemo-lo em 16:9, por isso tecnicamente temos todos os meios -, mas o que se comunica. E este é que é o nosso trabalho", afirmou José Pedro Vasconcelos na apresentação à imprensa do formato.

O maior objectivo, garante o director de programas Daniel Deusdado, "fazer a diferença". "Este programa pretende posicionar-se num território ligeiramente diferente da concorrência. O território da RTP numa concorrência pura e dura com os seus rivais traz, porventura, mais um ou dois pontos (de share) em alguns casos, mas não é necessariamente o melhor território para a estação e o mandato desta administração e desta direcção de programas é o de fazer a diferença e não o de concorrer por concorrer. Posto isto, queremos ser o número um", explicou o responsável, garantindo ainda que à RTP, "que tem um ADN próprio", "basta-lhe ser, muitas vezes, assim para ser complementar". Daniel Deusdado frisou ainda que "Agora Nós" será "um programa de infotainment na medida em que vai tentar aproximar-se das populações e da actualidade".

0 comentários:

Enviar um comentário