segunda-feira, 26 de outubro de 2015

"The Voice Portugal" em análise | #2.2

O "The Voice Portugal" regressou à antena da RTP1 para a segunda ronda de Provas Cegas. As estratégias dos quatro mentores começam a fazer-se notar e as suas equipas vão ganhando forma.

Foi com uma excelente promo inicial que arrancou a segunda ronda de Provas Cegas do "The Voice Portugal". Se é certo que, numa temporada que tem sido apresentada como a melhor de sempre, o talento não tem desiludido, mais certo é ainda que no que respeita a outros aspectos de produção, a equipa da Shine Iberia Portugal tem apresentado um trabalho irrepreensível.

Todavia, assistimos nesta segunda emissão a um decréscimo significativo de qualidade dos concorrentes ouvidos (isto, claro está, tendo como ponto de comparação o programa de estreia). Um decréscimo de talento que, contudo, foi suportado em antena por uma fantástica montagem e edição e por um papel mais activo dos quatro mentores, cujos depoimentos e reacções nos bastidores ganharam um maior destaque. 
Esta terceira temporada do "The Voice Portugal" é já um sucesso confirmado no pequeno ecrã, e se dúvidas houver, veja-se os excelentes resultados audimétricos conquistados pela segunda semana consecutiva. Mas este sucesso estende-se a outras plataformas, nomeadamente às redes sociais onde voltou a ser o assunto mais falado em Portugal e um dos mais comentados a nível mundial. Um feito!

Lamentamos, porém, que a tão badalada app interactiva (por nós aqui já contestada anteriormente) ainda não tenha sido apresentada ao mundo. Uma falha grave se considerarmos que a mesma vai surgir numa fase mais avançada do programa.

Olhemos agora para os talentos da noite. Das 14 vozes ouvidas nesta segunda sessão de Provas Cegas apenas 10 seguiram em frente.

MICKAEL CARREIRA
MARISA LIZ
ÁUREA
ANSELMO RALPH
5 -
6 -
7 -
8 -
9 -
10 -
11 -
12 -
13 -
14 -
8 -
9 -
10 -
11 -
12 -
13 -
14 -
6 -
7 -
8 -
9 -
10 -
11 -
12 -
13 -
14 -
4 -
5 -
6 -
7 -
8 -
9 -
10 -
11 -
12 -
13 -
14 -
Marisa Liz continua na dianteira, com metade da equipa completa. Segue-se Áurea que, com 3 concorrentes conquistados nesta ronda, fica com 5 lugares ocupados. Mickael Carreira soma quatro concorrentes (de entre os quais, uma dupla) e, por último, surge Anselmo Ralph, com apenas 3 talentos na sua equipa.

0 comentários:

Enviar um comentário