segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Marisa Liz: "Foi muito positivo tudo aquilo que aconteceu"

FOTOGRAFIA: RTP

O "The Voice Portugal" chegou ao fim este domingo com a consagração de Deolinda Kinzimba. O terceiro lugar do pódio coube a Sérgio Sousa, da equipa de Marisa Liz, com quem o Olhar a Televisão esteve à conversa.

"Fico muito feliz por a Deolinda ter ganho, tem todo o mérito. E quando Portugal decide, não há nada para reclamar." Foi desta forma que Marisa Liz reagiu à vitória da concorrente de Mickael Carreira. "Obviamente que gostava que o Sérgio tivesse ganho, e consequentemente a nossa equipa, mas estou muito orgulhosa do trabalho que fizemos, de todos os concorrentes e principalmente aqueles com quem tive o prazer de trabalhar."

Habituada ao um estilo rock, a vocalista dos Amor Electro fez-se representar nesta final com o tenor Sérgio Sousa, uma parceria à primeira vista invulgar mas da qual retira uma enorme aprendizagem. "Eu gosto muito de trabalhar com pessoas diferentes, com quem eu também possa aprender. E foi um prazer a nível pessoal e emocional pela ligação que criamos. Mais do que a música, fica aquilo que fizemos enquanto equipa", explicou.

Marisa Liz acredita que qualquer um dos quatro finalistas seria um justo vencedor. E faz um balanço positivo do percurso no talent show da RTP1. "Para mim foi muito positivo tudo aquilo que aconteceu", disse em jeito de rescaldo de mais uma temporada.

A final foi também marcada pela interpretação de Meia-noite, o novo tema dos Amor Electro que, segundo a própria, apela à força e à união. "Chama-se Meia-noite porque é à meia-noite que o dia muda e as possibilidades estão todas em aberto." A mensagem que a banda pretende deixar é a de que "é muito mais fácil ser feliz acompanhado do que sozinho, ao contrário da frase que se costuma dizer. Quando há uma energia positiva à nossa volta, e com as pessoas certas, as coisas acontecem de forma muito mais prazerosa e com muito mais conteúdo."

Marisa Liz está confirmada na nova temporada do "The Voice Portugal", que deverá chegar ao ecrã no segundo semestre deste ano. Mas até lá promete não estar parada. "Vamos lançar um disco provavelmente em setembro, estamos em fase de composição”, adiantou. Os concertos dos Amor Electro arrancam em breve, numa altura em que a banda acaba de criar uma agência própria, de seu nome Nação Valente. "É uma viagem nova para nós, abarcarmos tanto a música como a agência, e estamos positivos e juntos para que tudo dê certo", concluiu.

0 comentários:

Enviar um comentário